Chapecoense, O Time Que Conquistou O Mundo

62gpp5n5fs_9eh76k4ma9_file

Não conseguia pensar, muito menos escrever. A notícia, tão chocante quanto inacreditável inebriou os sentimentos, escureceu o entendimento, silenciou o futuro. Do sonho ao pesadelo, em poucas horas; da festa ao luto; da esperança de vitória em campo à insignificância perante a tragédia.

De repente títulos, times e suas rivalidades não tinham mais nenhuma importância e de um grande elenco que voou sorrindo, volta-nos aviões oficiais trazendo os que nunca mais poderão sorrir.

O mundo todo se uniu em uma só torcida, em uma só consternação, em uma corrente humanitária que eu jamais vi no mundo do esporte.

A incredulidade deu lugar a solidariedade. Era preciso fazer algo pelos sobreviventes, pelas famílias, pelos amigos, pelo clube, pelos torcedores; era preciso pensar, agir, agilizar, confortar e por mais dolorosa que fosse a completa escuridão da morte, era preciso iluminar a vida.

titulo

Aquele que disputaria um troféu em campo, o Atlético Nacional da Colômbia abriu mão do título que não pode mais ser disputado, nem é mais cobiçado e não tem mais o valor que tinha. Passou a ter outro sentido, passou a ser um símbolo de solidariedade, uma oportunidade de homenagear os que se foram e acalentar os que ficaram.

chape

Páginas inimagináveis se escrevem na história. A Chapecoense que era o Brasil na Copa Sul-Americana de Futebol, pintou de verde o mundo inteiro, silenciou torcidas, fez os campos de futebol terem a grama regada com lágrimas e nos envolveu em uma reflexão coletiva sobre a vida, sua importância e sua brevidade.

Minha bela Santa Catarina, que eu amo tanto, de onde eu nunca consegui escolher um único time para torcer e que eu jamais torci contra mesmo quando na disputa com um grande time nacional de coração, chora a perda daqueles que estavam nos enchendo de alegrias e orgulho, que mostravam a força de um povo humilde, trabalhador e que mais uma vez, tem que superar a dor e recomeçar.

Fica nossa oração pelos que se foram, pelos sobreviventes, por familiares, amigos, pela cidade de Chapecó, por todos aqueles que mostraram e mostram solidariedade, respeito e empenho para continuar a vida que segue, escrevendo seus dias.

15310393_1190073564408715_3127055_n.jpg

Breve histórico:

Associação Chapecoense de Futebol (ACF) é um clube de futebol brasileiro, sediado na cidade de Chapecó, Santa Catarina. Foi fundado em 10 de maio de 1973, com o objetivo de restaurar o futebol na cidade de Chapecó. Sua origem está ligada ao fato de que, na década de 1970, a região possuía apenas alguns times amadores, sendo inexpressiva em relação ao futebol profissional. Com o propósito de reverter esta situação, alguns desportistas da cidade, jovens apaixonados pelo esporte, decidiram se reunir para criar um time de futebol profissional para a cidade.

Às 22:15 h (hora local) de 28 de novembro de 2016 (1:15 h, do dia 29 de novembro no Brasil) uma aeronave da empresa venezuelana Lamia, com matrícula CP 2933 proveniente de Santa Cruz de la Sierra, Bolívia, caiu em Cerro Gordo, setenta e sete pessoas a bordo, inclusive toda a equipe do time brasileiro da Chapecoense que iria a Medellín onde disputaria uma partida contra o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana.

O time teve um voo direto a Medellín vetado pela Agência Nacional de Aviação Civil, então serviu-se da escala na Bolívia, para onde viajou em voo comercial. Deixaram de acompanhar a equipe os jogadores Neném, Demerson, Marcelo Boeck, Andrei, Hyoran, Martinuccio, Nivaldo e Rafael Lima que não seriam usados pelo técnico Caio Júnior; também não acompanhou o time o prefeito de Chapecó, que fora convidado a integrar a comitiva. Rodrigo Ernesto e Pablo Castro, que são responsáveis pela logística do clube, já estavam na Colômbia, onde aguardavam sua chegada.

Compartilhando Meus Livros – De A a G

f18f1-images

Olá, visitante!

À pedidos, fiz esta postagem com o link para alguns dos meus livros, os que estão em *.pdf e acessíveis no 4shared.com – lembram que falei sobre Armazenamento em Nuvem?

Clicando aqui você terá acesso às minhas postagens sobre livros, sugestões de leitura, acessórios, dicas para confeccionar seus próprios marcadores e sobre o Kindle – leitor de livros digital (falando sobre ele, aqui você encontra as dicas de como ler seus *.pdfs no leitor ou com o aplicativo Kindle no celular ou tablet, aproveite!).

Respeite os direitos autorais assim como este blog respeita. Sendo solicitado, o link será removido imediatamente e o livro não será mais compartilhado. Não altere nenhuma obra, respeite o (a) autor (a) e quando possível, adquira seu exemplar em uma livraria de sua confiança para que tenhamos sempre bons escritores dispostos à nos presentear com conhecimento, cultura e entretenimento.

Segue, em sequência alfabética, por título do livro, de A a G:

⇒ A Arte da Felicidade – Fredrico Mazzo

⇒ A Arte de Envelhecer com Sabedoria – Abrahão Grinberg

⇒ A Árvore do Dinheiro – Jurandir Sell Macedo Jr.

⇒ ABC dos Cristais – Antonio Duncan

⇒ Ação e Reação – Francisco Cândido Xavier

⇒ A Caminho da Luz – Francisco Cândico Xavier

⇒ A Cidade do Sol – Khaled Hosseini

⇒ A Conquista Da América – Tzvetan Todorov

⇒ A Cruzada Do Ouro – David Gibbins

⇒ A Ditadura da Beleza e a Revolução das Mulheres – Augusto Cury

⇒ A Divina Comédia – Dante Alighieri

⇒ A Divina Comédia Ilustrada – Dante Alighieri

⇒ A Era das Revoluções – Eric J. Hobsbawm

⇒ A Floresta Amazônica Nas Mudanças Globais – Philip M. Fearnside

⇒ Agora É O Tempo – Francisco Cândido Xavier

⇒ A Grande Queda –  James Rickards

⇒ A Hora da Estrela – Clarice Lispector

⇒ A História Dos Símbolos Nacionais

⇒ A Interpretação dos Sonhos – Dr. Sigmund Freud – Parte 01 e Parte 02

⇒ A Lei da Atração – O Segredo Colocado em Prática – Rhonda Byrne

⇒ Ágape – Padre Marcelo Rossi

⇒ Análise dos Sonhos – C. G. Jung

⇒ A Magia das Pedras Preciosas – Melie Uyeldert

⇒ A Menina Que Roubava Livros – Markus Zusak

⇒ Amor, Verdade, Felicidade – Dalai Lama

⇒ A Mulher de Cada Signo

⇒ A Nova Dieta Revolucionária do Dr. Atkins – Robert C. Atkins

⇒ Animais Fantásticos e Onde Habitam – J. K. Rowling

⇒ A Origem dos Nomes

⇒ Apostila de Defesa de Multas de Trânsito

⇒ Apostila de FrontPage 2003

⇒ Apostila de Maquiagem – Estética na Web

⇒ A Pior Prisão do Mundo – Augusto Cury

⇒ A Religião do Cérebro – Raul Marino Júnior

⇒ A Religião dos Espíritos – Francisco Cândido Xavier

⇒ A Revelação Dos Templários – Lynn Picknett

⇒ A Revolução Dos Bichos – George Orwell

⇒ Arte e Ciência de Roubar Galinha – João Ubaldo Ribeiro

⇒ A Segunda Guerra Mundial – Osvaldo Coggiola

⇒ A Semente de Mostarda – Franciso Cândido Xavier

⇒ A Sombra do Vento – Carlos Ruiz Zafón

⇒ A Viagem Do Descobrimento – Eduardo Bueno

⇒ Anita Garibaldi – A Guerreira Das Repúblicas – Adilsio Cadorin

⇒ Ansiedade – Como Enfrentar O Mal Do Século – Augusto Cury

⇒ Arquivo com Os Evangelhos Apócrifos

⇒ As 25 Leis Bíblicas Do Sucesso – William Douglas

⇒ As Cartas de Amor do Profeta – Kahlil Gibran

⇒ As Certezas e As Palavras – Carlos Henrique Schroeder

⇒ As Cinco Pessoas Que Você Encontra No Céu – Mitch Albom

⇒ As Maravilhas da Santa Missa

⇒ As Plantas Brasileiras, Os Jesúitas E Os Indígenas Do Brasil – Fernando Santiago dos Santos

⇒ As Sete Leis Espirituais Para O Sucesso – Deepak Chopra

⇒ As Valkirias – Paulo Coelho

⇒ Atlas Da Fauna Brasileira Ameaçada De Extinção Em Unidades De Conservação Federais

⇒ Ave Cristo – Francisco Cândito Xavier

⇒ Ayrton Senna – O Herói Revelado – Ernesto Rodrigues

⇒ Baú De Espantos – Mário Quintina

⇒ Bento e Garibaldi na Revolução Farroupilha – Elma Sant’Ana

⇒ Bíblia Sagrada NTLH – Sociedade Bíblica do Brasil

⇒ Biodiversidade Catarinense – Lucia Sevegnani e Edson Schroeder

⇒ Biografias de Grandes Empresários – Bill Gates

⇒ Boa Ventura! – Lucas Figueiredo

⇒ Brasil No Império Português – Janaina Amado

⇒ Brasileiras Célebres –  Joaquim Norberto de Souza e Silva

⇒ Breve História de Quase Tudo – Bill Bryson

⇒ Brida – Paulo Coelho

⇒ Caminho Das Borboletas – Adriane Galisteu

⇒ Caminho, Verdade e Vida – Francisco Cândito Xavier

⇒ Caramuru – Poema Épico

⇒ Carta Ao Rei – Pedro Vaz De Caminha

⇒ Casa Grande e Senzala – Gilberto Freyre

⇒ Casais Inteligentes Enriquecem Juntos – Gustavo Cerbasi

⇒ Catálogo de Plantas – Botânica

⇒ Catálogo Brasileiro das Hortaliças – EMBRAPA

⇒ Catálogo de Plantas e Fungos do Brasil – Volume I

⇒ Catálogo de Plantas e Fungos do Brasil – Volume II

⇒ Catálogo Notas Brasileiras 1944 à 2014⇒ Catálogo De Sementes ISLA 2016-2017

⇒ Catecismo da Igreja Católica – Igreja Católica Apostólica Romana

⇒ Centurias – Nostradamus

⇒ Ciência Política – Paulo Bonavides

⇒ Cinco Séculos de Polacos no Brasil – Ulisses Iarochinski

⇒ CLT 2013⇒ Classificação da Vegetação Brasileira, Adaptada a Um Sistema Universal

⇒ Código da Vida -Saulo Ramos

⇒ Coleção Jóias Da Natureza – Terra Viva

⇒ Como Chegar Ao Sim Com Você Mesmo – William Ury

⇒ Comidas Que Cuidam – Dicas De Alimentação Durante O Tratamento De Câncer

⇒ Como Convencer Alguém Em 90 Segundos – Nicholas Boothmann

⇒ Como Escrever Com Clareza

⇒ Como Evitar Preocupações E Começar A Viver – Dale Carnegie

⇒ Como Eles Chegaram Lá – José Roberto Whitaker Penteado

⇒ Como Fabricar Sabonetes e Outros Produtos para Banho

⇒ Como Investir Na Bolsa De Valores – Um Guia Prático

⇒ Como Investir No Mercado Futuro

⇒ Como Morrem Os Pobres e Outros Ensaios –  George Orwell

⇒ Como Se Tornar Inesquecível – Dalie Carnigie

⇒ Como Ter Uma Memória Super Poderosa – Harry Lorayne

⇒ Como Vejo O Mundo – Albert Einstein

⇒ Companheiro – Francisco Cândito Xavier

⇒ Conhecimento – Volume I

⇒ Conhecimento – Volume II

⇒ Consequências do Passado – Francisco Cândito Xavier

⇒ Constituição Federal – 48 Edição – 2015

⇒ Contabilidade Rural –  José Carlos Marion

⇒ Contabilidade Rural – Manual do Mestre – José Carlos Marion

⇒ Contra o Financismo – O Método Mais Prático e Eficiente para Investir em Ações

⇒ Cosmus – Carl Sagan

⇒ Cristais E Pedras Preciosas – Seu Uso Terapêutico

⇒ Curso de Caligrafia

⇒ Curso de Hipnose em 24 Lições

⇒ Datas Comemorativas e Outras Datas Festivas

⇒ Dentro Da Baleia e Outros Ensaios – George Orwell

⇒ Depois De Você – Jojo Moyes

⇒ Desenvolvimento e Natureza – Estudos Para Uma Sociedade Sustentável

⇒ Desperte O Gigante Interior – Anthony Robbins

⇒ Deus Sempre – Francisco Cândito Xavier

⇒ Dez Leis para Ser Feliz – Augusto Cury

⇒ Diálogo Sobre A Felicidade – Santo Agostinho

⇒ Dicionário Bíblico

⇒ Dicionário da Idade Média – H. R. Loyn

⇒ Dicionário de Economia

⇒ Dicionário de Finanças

⇒ Dicionário De Imagens, Símbolos, Mitos, Termos e Conceitos Básicos Bachelardianos

⇒ Dicionário Mulheres Do Brasil – Schuma Schumaher

⇒ Dinheiro No Brasil – Banco Central

⇒ Dom Casmurro – Machado de Assis

⇒ Domitila – Paulo Rezzutti

⇒ Duas Viagens Ao Brasil – Hans Staden

⇒ Ecologia de individuos a Ecossistemas – Begon, Townsed e Harper

⇒ Economia: Modo De Usar – Ha-Joon Chang

⇒ Educar Para A Sustentabilidade – Moacir Gadotti

⇒ Ele Escolheu Os Cravos – Max Lucado

⇒ Ele Simplesmente Não Está À Fim De Você

⇒ Enciclopédia De Cristais, Pedra Preciosas E Metais – Scott Cunhinagham

⇒ E Se? – Randall Munroe

⇒ Escolha Você! – James Altucher

⇒ Espécies Frutíferas Nativas do Sul do Brasil

⇒ Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial – Região Sul

⇒ Estação Carandiru – Drauzio Varella

⇒ Etiqueta na Prática – Célia Ribeiro

⇒ Extremos Da Mata Atlântica

⇒ Falando Banto – Eneida D. Gaspar

⇒ Farmácia Verde – Isabela G. Nascimento e Marlene R. S. Vieira

⇒ Felicidade Genuína – B. Alan Wallace

⇒ Flores Silvestres – Uma Antologia de Abele Rizieri Ferrari

⇒ Fonte Viva – Francisco Cândito Xavier

⇒ Frases Inteligentes

⇒ Frutas Nativas da Região Centro-Oeste do Brasil 

⇒ Frutíferas e Plantas Úteis na Vida Amazônica – Patrícia Shanley e Gabriel Medina

⇒ Fundamentos da Fitopatologia – Prof. Sami J. Michereff

⇒ Gandhi, A Biografia – Christine Jordis

⇒ Gestão Financeira I – Edgar Abreu

⇒ Gestão Financeira II – Edgar Abreu

⇒ Guerra Santa – Nigel Cliff

⇒ Guga, Um Brasileiro – Gustavo Kuerten

⇒ Guia De Introdução À Análise Técnica de Ações

⇒ Guia De Investimento No Mercado Futuro

⇒ Guia De Investimos – Bm&FBovespa

⇒ Guia IRRF Itaú 2016

⇒ Guia De Sucesso Na Bolsa De Valores 

⇒ Guia do Consumidor

⇒ Guia Dos Curiosos 

⇒ Guia Para Lançar Ações No Imposto De Renda 

⇒ Guia Politicamente Incorreto da Economia – Leandro Narloch

⇒ Guia Politicamente Incorreto da Filosofia – Luiz Felipe Pontes

⇒ Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil –  Leandro Narloch

⇒ Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo – Leandro Narloch

⇒ Guia Politicamente Incorreto do Futebol – Jonas Rossi

⇒ Guia Politicamente Incorreto dos Presidentes – Paulo Schmitt

⇒ Guia Prático de Gramática

Esta postagem pode sofrer alterações: exclusão ou inclusão de obras. Caso haja dúvidas de como baixar os livros, aqui há um pequeno tutorial. Volte para conhecer as novidades periodicamente.

Comentário do Dia

images

Entro em uma loja e considero um produto caro, então a vendedora me diz:
– Pensa bem, esse produto está custando R$ 40,00 mas uma dúzia de ovos já está R$ 6,00 e o ovo é só sair do fiofó da galinha e está pronto, olha o trabalho para produzir isso.
Então eu pergunto:
– Você tem uma galinha?
– Não, claro que não, mas é tão simples.
– É simples ter a galinha, alimentar ela, ter um local para que ela viva e aquecer este local e ter muito mais que uma para fazer muitas dúzias todos os dias. Do fiofó não sai só ovos, tem que limpar e ai recolher, colocar numa embalagem, dai vem um caminhão e transporta estes ovos para um centro de distribuição e depois para o mercado e dai você vai lá e compra por R$ 6,00 e acha que é simples?
– Ah, mas não tem comparação, um ovo você comeu e acabou e isso aqui você vai ter por muito tempo.
– Mas você não tem que comer e beber todos os dias? Sem isso aqui você vive, sem comer não. Se você não comer e bem você não tem saúde, se não tem saúde não trabalha, se não trabalha, não tem dinheiro e se não tem dinheiro não compra nem isso e nem nada.
– Mesmo assim, não tem comparação.
E eu encerrei a conversa concordando.
Afinal, não tem mesmo comparação.

Então vou em outra loja e penso alto pensando estar falando comigo mesma:
– Nossa! Como isso aqui aumentou desde a última vez que eu comprei… (eu nem falei que estava caro, só que aumentou).
Então uma vendedora diz:
– Mas é claro, tudo aumentou, não viu o preço que está o pão?
E outra cliente emenda:
– Pois é, não dá mais nem para comer pão…
Então eu penso em explicar quantos ingredientes vão para produzir o pão e que são produzidos em locais tão diferentes e que vão para as mãos do padeiro, que tem toda a mão de obra e depois são assados no forno que consome tanta energia e por fim uma grande quantidade é desperdiçada, porque aquele que está “pagando caro” quer tudo fresco, feito na hora e nem pensa no que está indo para o lixo, mas eu desisto, porque seria inútil.

Por fim chego em uma feira de frutas e verduras.
Fico observando as conversas:
Tudo caro, tudo “pela hora da morte”, tudo feio, tudo que deveria ser muito melhor e mais bonito pelo preço que se paga.
Então observo uma senhora sentada quietinha quase lá no caminhão do verdureiro.
Puxo conversa e descubro que ela está ali esperando o final da feira porque o feirante doa as sobras do dia e para ela isso faz toda diferença. Disse que boa parte do que come durante toda semana vem dali.
Já olhei o verdureiro de forma diferente, é um herói do dia a dia que contribui melhorando a vidas das pessoas do jeito que pode, enquanto muitos descartam as sobras em qualquer canto.
Mostro para a senhora um objeto de decoração em uma barraca instalada ao lado da feira e ela sabiamente me diz:
– Veja só, isso aqui é muito bonito, custa mais de R$ 30,00, mas você leva, coloca numa mesa ou numa estante para enfeite e fica ali e pronto. Com R$ 30,00 dá para comprar um monte de verduras, frutas, ovos (olha o fiofó da galinha aqui) e para comer muito. Claro que cada produto tem seu valor mas se comparar com a comida, a comida não é cara.

Ela, em sua simplicidade e necessidade entendeu o que aquele que pode comprar não entendeu.
Nunca, jamais, poderemos comparar o valor da comida com qualquer outra coisa, água e alimento são fundamentais e ponto final.
As pessoas se habituam a pagar caro por coisas que poderiam até ser mais baratas se elas não fizessem esta comparação absurda, desproporcional, sem sentido.

Em países desenvolvidos os alimentos são realmente muito caros e o desperdício é punido quase como um crime. Você não pode simplesmente descartar comida e muito menos em qualquer local, você tem que pagar para jogar alimentos fora.
Há centros que cuidam até da última ponta de folha de alface para que não se perca, as pessoas tem o discernimento de que alimentar-se e bem vem em primeiro lugar e que a comida, ao contrário do que a maioria pensa, não é só plantar e colher, ou recolher depois da galinha ponhar.

Não estou aqui para tabelar os alimentos e muito menos outros produtos ou serviços. Estou aqui para dizer que é preciso dar valor ao que se come e se bebe, a quem produz, a quem distribui. Estamos num país rico em produção de alimentos e muitos ainda passam fome.

Vai entender o ser humano…

Magazine Jardim Valentina – Boas Compras!

Para quem gosta de comprar o melhor de forma segura e aproveitando as melhores ofertas, o Magazine Jardim Valentina traz tudo que você precisa.

minha-loja

Com a garantia da Magazine Luiza, que você já conhece e confia, adquira produtos atuais, com qualidade, entrega no prazo e ótimas condições de pagamento.

⇓ Acesse agora e boas compras! ⇓

magazine

Recupere Créditos Tributários

Internet Banking

Você já conheceu o Luiz Fernando nesta postagem e agora venho apresentar mais uma ferramenta útil e lucrativa para sua microempresa, empresa de pequeno porte ou comércio que fez a opção pelo Simples Nacional: o E-Tributo.

Esta ferramenta importa dados de planilhas em Excel e gera um arquivo sobre a economia possível nos tributos.

Seja qual for o segmento de sua empresa, a ferramenta é ajustada conforme a necessidade e o levantamento realizado para a correta classificação de produtos.

Conheça todo o trabalho e serviços prestados pelo Portal INMEI, entre em contato para assessoria especializada e continue progredindo em seus negócios.

História de Guaramirim

guaracityy

Quando pensamos em história, remetemo-nos inconscientemente à um passado recente. Imaginamos nossa civilização não mais que 200 anos…lembramos das carroças, das vestes de época, dos casebres…

E antes disso? Muito antes disso? Afinal o Brasil só tem pouco mais de 500 anos de “descobrimento” embora saibamos que outras civilizações passaram por aqui já há milhares de anos. Não é bom imaginar muito além?

Esta postagem traz um pouco dos dados históricos já pesquisados, à nível de Guaramirim, Santa Catarina, Brasil e América. Entre livros e outros arquivos, viaje um pouco pelo tempo baixando e lendo estas publicações.

Fica o meu agradecimento especial ao Sr. Victor Emendörfer Filho, pela autorização em divulgar seu livro:  A Primeira História de Guaramirim, o qual disponibilizo com muito carinho e gratidão:

victor

Seguem os demais:

Arqueologia Histórica no Nordeste de Santa Catarina

Arqueologia, Etnologia e Etno-História em Ibero-América

As Representações Rupestres do Estado de Santa Catarina

Caminho do Peabiru – Um Resgate Cultural Para O Turismo

♥ Caminhos Redescobertos – O Potencial Turístico Das Rotas do Sul – Rodrigo Meira Martoni

♥ Fenícios no Brasil – Antiga História do Brasil – de 1100 a.c. a 1500 d.c. – Ludwis Schewnnha

♥ História das Civilizações Nativas da América do Sul

♥ Memórias e Relações Étnicas – Distrito de Bananal, SC – Gerson Machado

Migrações Históricas e Cosmologia Guarani Migrações Históricas e Cosmologia Guarani – Juracilda Veiga

♥ O Brasil Antes Dos Brasileiros – Andre Prous

O caminho do Monte Crista – Um Panorama de Sua Historicidade – Romão Kath e Dione da Rocha Bandeira

Ytapecu – Rio Caminho Antigo

Há um pequeno tutorial aqui caso você tenha dificuldades em baixar algum arquivo.

Se tiver algum material interessante, compartilhe nos comentários. Vou ficar feliz em conhecer mais e poder compartilhar com todos.

Boa leitura!

Guaramirim, Sua Linda!

brasao_guaramirim

É impossível dimensionar o amor que tenho por este lugar. Se é verdade que criamos raízes, então ao nascer minhas raízes cravaram-se forte neste município que sempre foi minha casa, meu chão, meu espaço no mundo.

Estou vivenciando e analisando o quanto cresce, o quanto muda e o quanto necessita de atenção, carinho, empenho e trabalho sério, responsável, digno e honesto.

Novamente às vésperas de mais uma eleição e já tendo vivido alegrias e decepções ao longo de mais de três décadas, deixei meu pedido em uma rede social e o transcrevo nesta postagem, com a esperança que daqui quatro anos eu possa reler e ver que as coisas mudaram para melhor:

“Senhores e Senhoras candidatos e candidatas aos cargos de prefeito (a) e vereadores no município de Guaramirim,

Neste pleito não apoiei publicamente ninguém e sinceramente ainda estou lendo os projetos de trabalho de suas candidaturas, mas peço, encarecidamente, que olhem além do pleito de quatro anos.
Não vou listar o que o município precisa e não estou aqui para criticar ou exaltar ninguém, mas é preciso com urgência que se olhe este município com olhos de futuro e não de “tapa buraco”.

Vocês já ouviram um ditado que diz “quem tem terra, nunca erra?”, pois é, cadê as áreas públicas de Guaramirim?

Vocês já fizeram as contas de quanto se gasta alugando um lugarzinho aqui, outro ali, adaptando, reformando e trocando de lugar setores que funcionam espalhados sob o “chão privado”?

Até agora eu não li em nenhum programa alguém que tenha a pretensão (e a cumpra) de comprar um terreno público, planejar um bom prédio que seja útil pelo menos pelos próximos 20 anos e colocar tudo lá para funcionar adequadamente, sem remendos, sem aluguel, sem trocas de lugar e com o mínimo de comodidade que o povo merece.

Façam as contas de quanto se gasta com alugueis e remendos no que é dos outros e tenho certeza que sim, é possível, como grande arrecadador que este município é, construir algo público, adequado, moderno e descente como Guaramirim merece.

Outro ponto é o de sempre, parecemos um bairro abandonado de Jaraguá do Sul, sabem por quê?

Porque não temos identidade, não temos uma cultura nossa! Cadê nossa festa típica? Cadê nosso museu?

Sim, todos os municípios vizinhos tem sua própria cultura e nós, por que não temos?

Há outras prioridades? Há. E por que por uma coisa temos que abrir mão de outra? Não temos competência para tudo?

Temos, temos sim, mas tem que se ter uma visão de longo prazo, de futuro, muito além de 4 anos.

Precisamos sim de um lugar público para eventos e este local só vai dar prejuízo se for mal administrado, do contrário, outros municípios não teriam até mais que um.

Por que não há uma área arborizada de lazer nos bairros e em terreno público para os moradores? Porque não há terreno público nos bairros…já passou do tempo de consertar isso.

Guaramirim é um dos únicos lugares onde as entidades, associações de moradores, pais, agricultores, esportistas e afins são vistas quase como inimigas do setor público quando são, na verdade, grandes parceiras que merecem apoio, reconhecimento e trabalho conjunto. Nos outros municípios se vê entidades com 20, 30, 40 anos, sempre trabalhando em parceria, enquanto aqui, minguam ou morrem prematuramente.

E se é para falar de “terra pública”, vamos pegar um exemplo onde é possível fazer muito melhor: o posto de saúde do centro já deveria ser um prédio faz muito tempo, deveria ter atendimento especializado 24 horas, setores bem distribuídos, atendimento de ponta, por que ainda não é?

É preciso mais cuidado com as construções irregulares. Será que é tão difícil investir mais e melhor no setor de fiscalização?

Senhores e Senhoras, “tapem os buracos” urgentes e façam o que realmente é necessário, útil e duradouro.

Um pleito tem que dar continuidade em grandes projetos que o anterior começar, nós povo e vocês, candidatos, vivemos no mesmo ambiente.

É para nós mesmos que temos que pensar melhor, projetar melhor, investir melhor e construir um lugar melhor e digno.

Dá trabalho? Sim, é para trabalhar pelo bem comum que nós que pagamos e vocês que administram estamos aqui.

Obrigada.”

Postagem em 12/09/2016 – https://www.facebook.com/tinaventuri1980/posts/852049594931541