Arquivo | março 2012

Aplicativos para iPad – Parte VII

 Mail

Aplicativo que vem no dispositivo e onde você pode cadastrar qualquer um dos seus e-mails para servir como seu “Windows Live Mail”. É prático, bem apresentável e útil para quem não quer abrir seus e-mails na página web (pelo Safari) ou para quem não tem um aplicativo próprio de e-mail (como o Gmail, já apresentado aqui e que é o que eu utilizo).

Foto Medidas Lite

Quer fazer um móvel e levar as medidas exatas para o marceneiro? Este aplicativo é ótimo. Você tira uma foto do ambiente e insere as medidas, salva e pronto. Também pode ser utilizado em qualquer foto onde você queira demonstrar para alguém as dimensões e/ou detalhes de algum móvel, ambiente de escritório, casa ou campo. Insira medidas onde desejar.

 Guia do Churrasco

Aplicativo para iPhone que pode ser utilizado no iPad clicando no “2x” lá no cantinho inferior direito da tela. Este é para quem não quer passar vergonha comprando pouca comida em qualquer ocasião que esteja organizando. Entre inúmeras informações úteis vem com uma “calculadora” de quantidade de carnes, bebidas e acompanhamentos por pessoa facilitando sua vida na hora de comprar, na medida certa todo alimento necessário para ninguém reclamar no final da festa!

Contador de Calorias da FatSecret

Um aplicativo com informações nutricionais dos alimentos e suas calorias. Possui um diário de exercícios, controle de peso, sugestões para consumo levando em conta sua dieta e tudo pode ser anotado em um bloco de notas do próprio aplicativo. É útil para quem quiser levar sua dieta rigorosamente em frente e para conhecimento dos alimentos que consumimos.

 FaceTime

Aplicativo que vem no “pacote” com a utilidade de fazer “chamadas de vídeo” entre dispositivos Mac. Você pode usar o número de telefone (nos casos do iPhone) e o e-mail (no iPad), mas para conseguir fazer a “chamada” você tem que salvar o endereço de e-mail em seus contatos (aplicativos Contatos que também vem no “pacote”) e então, é só matar a saudade de quem você quiser.

Game Center

Para os fãs dos jogos, aplicativo do “pacote” que funciona com jogos que tenham sido projetos para esta plataforma. Jogadores de plantão: divirtam-se!

 Google Earth

E quem não gosta de viajar o mundo? Se não é possível de outra forma, o Google Earth ajuda a conhecer muita coisa. Assim como em qualquer micro, o aplicativo traz mapas e fotos para nos entreter procurando em primeiro lugar nossa casa (vai dizer que você não fez isso quando utilizou pela primeira vez?).

Lembretes

Simples e direto – acha que vai esquecer? Anote! – Aplicativo “raiz” do dispositivo que quebra um bom galho em certas situações. Eu utilizo o Evernote que já apresentei em postagens anteriores, mas faça bom uso deste que cumpre sua finalidade.

 Receitas Fáceis MdeMulher

Um aplicativo maravilhoso com 300 receitas ótimas, detalhadas e que podem ser enviadas por e-mail e impressas. Além disso, há pacotes com 120 receitas cada por $ 0,99 que são deliciosas também. Baixei um pacote de Páscoa e não me arrependi. Como se diz: foi investimento e não gasto, porque valeu a pena.

Iba – Revistas, Livros e Jornais

Baixe o aplicativo, cadastre-se e ganhe 5 revistas e 10 livros na hora. Bom, parece ótimo mas o aplicativo da Editora Abril ainda deixa muito à desejar. Tenho certeza que vão melhorá-lo, até porque acredito que a intenção é fazer uma boa propaganda de todas as suas publicações e por enquanto o aplicativo deixa à desejar. Se quiser baixar uma revista, por exemplo, não faça mais nada, comece a baixar e só minimize o aplicativo quando terminar, senão você vai ter que entrar novamente na conta…

Logo volto com mais aplicativos, não esqueça de olhar as postagens anteriores, esta já é a sétima, há muita coisa legal que já foi publicada. Até breve!

Relacionamento Humano

PARA QUÊ SERVE UMA RELAÇÃO?

Dráuzio Varella

Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela, para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.

Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete;  para ter alguém com quem viajar para um país distante; para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.

Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo.

Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa.

Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem corpo um do outro quando o cobertor cair.

Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro ao médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.

*
Drauzio Varella é médico cancerologista, formado pela USP. Nasceu em São Paulo, em 1943.Este seu artigo está sendo divulgado pela internet.

Mas o que se vê?

O que se vê desde que o mundo é mundo nos relacionamentos de casais? O que se vê na sua casa, na sua vida, nos seus sonhos e sua realidade de parceria?

Fico assustada que em 2012, os relacionamentos estejam cada vez mais precários e os valores cada vez mais invertidos.

E não estou falando da violência doméstica, nem dos “pop-stars” que trocam de parceiro como trocam de calças e nem mesmo das traições “assistidas” que certos casais optam para “apimentar” a relação.

Estou falando de um dia-a-dia frio, onde duas pessoas habitam a mesma casa mas não se conhecem, onde cada uma tem uma vida independente sem compartilhar o básico, onde o casamento foi apenas uma opção para dividir o aluguel e as despesas.

Me assusta profundamente quando as pessoas se conformam com tão pouco e se condicionam a uma vida mais ou menos só para fazer parte de um grupo, sustentar aparência social ou por pura acomodação e egoísmo.

Egoísmo sim, porque não abrem mão um milímetro de si mesmas pelo outro, mesmo que o outro faça parte de si, da sua vida, da sua casa, da sua cama.

Chega a ser gritante o absurdo que ouço, como exemplo, de homens (maridos, companheiros) que vão dormir no quarto dos fundos para não serem incomodados pelo choro de seu próprio filho. E como se fossem seres superiores, não chegam a pegá-lo sem a “confirmação” por parte da companheira de que eles não farão nada de “errado” em seus colos. Estes mesmos “companheiros” que “assumiram” o filho na Certidão de Nascimento, mas que só vão comprometer-se com ele quando o “pior” já tiver passado e o mesmo possa ser “exibido” para os amigos. E estas mulheres, assumem todas as obrigações para com a criança, mesmo tento que trabalhar no outro dia cedinho assim como seus companheiros, mesmo não estando muito bem de saúde, mesmo com uma casa inteira para arrumar e se conformam com isto, como se fosse natural não ter parceria alguma neste período.

E entre parceiros e parceiras há quem diga que trair é normal, faz parte da “natureza” e aceitam e vivem suas frustrações em silêncio, com medo de perder o que acham que possuem. Não amam a si mesmos, no mínimo por higiene e questões de saúde (pois nunca se sabe com quem e de que forma o “parceiro(a)” se relacionou lá fora) e se apegam à desculpas e justificativas vazias que não convencem nem a si próprios para continuarem naquela vida.

Outros ainda encontram o “amor de suas vidas” em cada esquina, simplesmente “deixando acontecer” um relacionamento após outro e outro e outro sem o mínimo comprometimento verdadeiro com nenhum e a culpa pelo término? Sempre é do outro, é claro.

Em tempos que corpos são descartáveis, construir uma relação de companheirismo verdadeira e duradoura só acontece para adultos de verdade. É preciso discernimento, comprometimento e plena consciência do que se quer, primeiro para si mesmo e depois para quem esta ao lado.

Para viver uma história com alguém, primeiro você tem que saber quem é, o que quer e o que tem a oferecer. Depois tem  que se comprometer com esta outra pessoa que está do seu lado, que tem problemas e defeitos, que tem sonhos e desejos e que quer partilhar tudo, simplesmente tudo, com você.

Se for para ser pela metade, para atender as normas da sociedade, para se acovardar e se justificar em um relacionamento frio e vazio, então não atrapalhe a vida de quem quer mais, de quem quer ser feliz, de quem realmente quer um companheiro(a).

Preste muita atenção ao assumir um relacionamento, sua vida e do parceiro não é um “teste drive”, o tempo passa, os dias passam e há certos sonhos que uma vez destruídos nunca mais poderão renascer.

Com muito comprometimento ainda é difícil compartilhar a vida, questões de cultura, valores e educação tem que ser moldadas aos poucos para que sejam “suportáveis” para os dois, imagina se não houver maturidade suficiente para este primeiro passo?

Esqueça os contos de fadas, o vizinho que diz que tudo na casa dele é um mar de rosas sem espinhos. Até as máquinas programadíssimas dão problema, imagine a “máquina humana” repleta de emoções?

Desejo uma relação firme, segura, companheira e feliz para você! Se conforme apenas, em ser feliz e fazer feliz!

Aplicativos para iPad – Parte VI

Kit de Segurança – $ 0,99

Uma pasta para guardar todos os milhões de senhas que usamos todos os dias em e-mails, redes sociais, cartões de crédito, bancos, assinaturas e tudo mais.  Se quiser guardar fotos, dados de contatos e outras informações, ele também é útil e a privacidade 100% garantida pelo desenvolvedor. Ah! E se alguém pedir para você mostrar seus “dados secretos”, há a opção de gerar uma senha falsa, digitando-a o aplicativo parecerá vazio.

Mensagens

Para quem ainda usa o Windows Live Messenger, poder utilizar o usuário e senha do mesmo e fazer uso deste aplicativo. Eu abandonei o MSN há anos então não me é útil, mas “vem no pacote” e fica disponível para que gostar.

Música

Sua pastinha de música. Todos os seus álbuns dentro deste aplicativo com os principais recursos para ouvir na hora que você quiser seu som preferido. Também “vem no pacote” e considero muito bom, mesmo que você esteja usando outro aplicativo a música continua tocando sem problemas. É só caprichar na seleção.

Nestlé Receitas

Com uma variedade de produtos incrível e anos de tradição, o aplicativo traz diversas receitas com algum ou alguns ingredientes da marca Nestlé. Tem opção para falar com o “chef” e tirar dúvidas sobre os pratos, cronômetro para deixar a receita no ponto, vídeos e fotos. Coloque o avental e mãos à obra!

 Nosso Almoço de Todo Dia para iPad – $ 1,99

Para quem quer receitas fáceis para o dia-a-dia, com riqueza de detalhes no preparo, lista de compras, dicas de tempero e congelamento, opção de envio por e-mail, entre outros detalhes, vai gostar muito. O aplicativo é voltado para quem quer variar seu cardápio semanal mas não tem tanta intimidade com a cozinha ou tempo disponível. Há uma seção de pratos um pouco mais elaborados para aquelas datas especiais.

Notas

Simples assim: para não esquecer, tome nota! – O aplicativo vem no dispositivo e se você está com pressa anote nele para não esquecer. Com recursos básicos, você pode guardar as notas e acessá-las sem problemas. Eu uso o Evernote que já publiquei em postagem anterior, mas se você não tem por costume armazenar notas, este aplicativo supre todas as suas necessidades.

 Photo Booth

Aplicativo “do pacote” para tirar fotos artísticas, bizarras, com efeitos e cores. Para um passatempo, é um bom aplicativos.

Planets

Para quem gosta de “viajar” pelos planetas em 2D e 3D é um bom aplicativo. É possível ter acesso às fases da lua entre outros dados.

 Pocket Pond

Um lindo jardim aquático com direito a tocar na tela parecendo que tocou na água e espantar os peixinhos. Não há possibilidade de adquirir este aplicativo na Apple Brasil, você tem que ter uma conta americana para baixá-lo e eu fiz uma especialmente por ele. Relaxante, bonito e se quiser impressionar uma visita, deixe o aplicativo rodando no iPad descansando no Dock em um cantinho da sala, é lindo.

Adobe Photoshop Express

Aplicativo para efeitos em fotos: cortar, corrigir, girar, com direito à várias cores, filtros, efeitos, bordas e a opção para compartilhar . É da família do Photoshop e então, já sabe, é bom!

A Pedra

A vida foi passando e cedo demais havia uma pedra enorme no meu caminho.

Era tão grande que não me permitia ver nenhum horizonte além dela e eu fui ficando ali, por um, dois, mais de dez anos…

Tentando convencer-me que a pedra não era fria em relação à mim, que minha persistência em mostrar a ela o que eu sentia, o que eu sonhava, as cores com que eu pretendia pintar a vida iriam fazê-la “amolecer” e dentro dela eu encontraria um belo diamante.

Mas isto não aconteceu, somente tantos anos depois eu entendi que nada poderia fazer para alterar a pedra e considerei isto uma grande derrota, pois investi tempo e tudo de melhor que possuía dentro de mim sem êxito.

Percebi que não haveria outro jeito, eu tinha que sujar os pés na lama à beira da estrada para ultrapassar a pedra e seguir meu caminho.

Assim o fiz!

Embora no primeiro momento a sensação tenha sido de vitória, foi só caminhar alguns passos para entender que o que ficou do outro lado da pedra não seguia mais comigo…

Não sinto mais o que considerava tão belo de sentir, não sonho mais aqueles sonhos bons, não tenho mais as perspectivas que faziam meus dias não serem apenas uma sequencia de dias e sim uma sequencia de sensações diferentes, alegrias e prazeres que mesmo ilusórios traziam alento para a alma.

Sigo no caminho deserto, sem muitas esperanças em encontrar algo diferente em cada curva, sem esperar por novos sonhos, novas sensações, novas cores, porque tudo ficou longe demais, antes da pedra e querendo ou não, a pedra continua lá, mostrando-me que não valeu a pena, que o que foi perdido com ela, não tem mais retorno.

Hoje eu vejo que talvez a pedra nunca tenha tido nenhum valor, nada do que eu tenha feito e sentido por ela era de seu merecimento, mas o que eu perdi, não há como dimensionar em preciosidade ou grandeza.

E eu nunca pensei que um dia, me pareceria tanto com ela, afinal, o que ela tem de frieza, eu tenho de vazio.

Primeiro Mês

Em minha Vigésima Sétima postagem, chegou ao primeiro mês o Jardim Valentina!

Com mais de 450 visitas únicas, uma linguagem simples e direta, escrevendo sobre o que eu penso e/ou tenho conhecimento, comemoro este primeiro mês satisfeita.

Poucos são os que me acompanham desde o Jardim Valentina, colocado no ar em 11 de fevereiro de 2005 e é incrível como este “mundo virtual” sofre alterações constantes e muitas vezes, nos deixa descolocados.

As redes sociais dominam como nunca antes. O Orkut mesmo com seus milhões de usuários não teve a força que tem hoje o Facebook; o Twitter foi uma verdadeira revolução quando surgiu como “publicações de micro blogs” e outras redes sociais não tão famosas também agregam milhões que não só cadastram-se, mas verdadeiramente utilizam os serviços diariamente e até, freneticamente em alguns casos.

E o que nos espera? E no que conseguiremos ir ainda mais longe? E como será daqui há 10 anos?

Sinceramente, respeitando a liberdade que cada um tem, acho deselegante e de muito mal gosto utilizar as redes sociais em bares, festas e danceterias. Vê-se a placa “Wi-Fi” exposta  para que todos os “fanáticos” possam acessar livremente, mas o que você está fazendo ali se quer ficar na rede?

Já imaginaram daqui uns anos, quando a tecnologia deve colocar mesmo um chip dentro de nosso cérebro, como será infernal o fanatismo pela tecnologia?

Fanatismo sim, vício, falta de educação e de amor próprio, assim classifico os que deixam de viver suas vidas “reais” para viver muita vezes, uma vida de “ilusão virtual”. Nada em excesso é bom, “acessar” a tecnologia 24 horas por dia também não.

Tome cuidado, fique “off-line”, aproveite sua juventude, sua família, seus amigos porque a tecnologia sempre vai avançar e você vai acabar ultrapassado e no seu caso, não é só trocar de dispositivo, não há troca para a vida que passou, para as pessoas que foram embora, para os momentos que você não aproveitou porque tinha que verificar a “atualização” de alguma “rede social” que te deixou antissocial sem você nem perceber.

Aplicativos – Não Gaste Dinheiro À Toa

Este ano em 07 de março, dia oficial do lançamento do iPad 3 não teremos mais a presença do gênio que transformou o universo da informática quando pensávamos termos visto tudo.

Vai demorar um pouquinho para o novo iPad chegar ao Brasil e as expectativas sobre ainda mais novas tecnologias aguçam a curiosidade dos “ipadeiros de plantão”, mas muitos, como eu, recém possuem o iPad 2 e não optarão por trocar o dispositivo agora.

Desta forma, quero dar um toque para os mais impulsivos quando o assunto é aplicativos:

Encontrou um aplicativo muito legal, embora seja pago você clica em comprar porque achou que fechou com o que você desejava?

Não faça isso!

Bem, não faça isso no impulso. Entre os milhões de aplicativos, há muitos gratuitos bem semelhantes aos pagos. Não estou tirando o mérito dos pagos e nem dizendo que seja injusto a cobrança deles, até porque alguns, realmente, são top de linha e nem um outro pode-se comparar, mas analise bem antes.

Em primeiro lugar leia os comentários de quem já baixou o aplicativo e mesmo que todos tenham gostado, pode ser que este não lhe agrade tanto (já aconteceu comigo); procure no “amigão” Google para ver o que outras pessoas comentaram sobre ele em fóruns e blogs e isto ajuda muito; procure na própria loja da Apple Store por aplicativos com funções semelhantes, analise todos e você pode economizar alguns dólares comprando um aplicativo top mas de desenvolvedor diferente, com preço menor, e, novamente, não haja por impulso.

Tenho uma planilha de gastos com meu iPad que aliás, alimento em um aplicativo pago, que me custou R$ 14,14 (valor já convertido) mas haviam aplicativos para fazer o mesmo, custando praticamente o dobro.

Até o presente momento, incluindo aplicativos e acessórios, gastei R$ 343,34 e ontem mesmo vi a promoção de um aplicativo interessante de $ 1,99 por $ 0,99 e a palavra “promoção” nos atrai, mas procurei um pouco e encontrei um muito semelhante de graça. Vale a pena gastar um pouco mais de tempo e  um pouco menos de dinheiro.

Não esqueçam que em todas as compras internacionais realizadas com Cartão de Crédito incide o IOF com taxa 6,38% sobre o valor da compra. Pode até parecer pouco para alguns, mas coloque mais esta despesa na sua lista e não tome um susto quando a fatura chegar.