Educação x Formados

Moramos em um país que embora estatisticamente tenha melhorado no analfabetismo apresenta o maior número de “semi analfabetos” de todos os tempos. Por que digo isso? Porque o nível educacional caiu demais e hoje você encontra milhares de pré adolescentes saindo do ensino fundamental sem saber ler adequadamente e nem mesmo somar sem o auxílio de uma calculadora.

Nem vou entrar na nossa “negligência social” quanto a classe de educadores que nunca teve o respeito que merece em nosso país, desde salarial até moral e hoje em dia ainda tem que suportar o desrespeito dos alunos que vai muito longe da bagunça de antigamente. Hoje ser professor em alguns casos é quase uma “operação de guerra” com alunos que agridem fisicamente o educador e pais coniventes que processam os mesmos simplesmente por não concordarem com qualquer repreensão aos seus “queridos, educados, interessados e sempre inocentes”  filhos.

Desde que a política falou mais alto que a prática de educação de qualidade, ou seja, sempre e mais ainda nos últimos tempos onde mostrar para o resto do mundo que “evoluímos educacionalmente” é mais importante do que educar de verdade os brasileiros, pagamos uma fortuna aceitando esta geração de futuros profissionais sem nenhum real preparo para fazer o fundamental: pensar!

E ai está o grande problema: pensar! As crianças e todos que estão sendo alfabetizados não estão sendo educados para pensar, criar, evoluir. O importante é apenas seguirem o “padrão” que temos e pronto, está tudo certo.

Nós falhamos demais ao permitir um país cada vez mais corrupto, inseguro, campeão do descaso e mais uma vez estamos falhando permitindo uma educação só “de diploma”, sem o conteúdo fundamental da arte de pensar, questionar,  reivindicar, protestar, mudar, apresentar o problema e também a solução.

E assim, geração após geração, com nosso consentimento de pais – e já falei sobre isso este postagem anterior – regredimos como pessoas, como comunidades, como um povo que tem todos os recursos para viver muito bem mas abre mão deles em todos os momentos que permite nossa educação precária e a hipocrisia do governo.

Lembrem-se que os governantes deste país não são estrangeiros, são brasileiros como eu e você. Se aprenderam a ser o que são, foi entre nós, estão lá por nosso consentimento e continuam por nossa omissão.

Há muito tempo se falha na educação, tanto aquela que os pais devem passar para os filhos desde o berço, com valores e moral, até esta que permitimos nas nossas escolas, “formando” alunos como apenas mais um número na estatística e não pessoas.

Até quando?

Anúncios

Qual sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s