Cuidado com Assinaturas de Jornais e Revistas

Jornais e Revistas

Aconteceu comigo e o desrespeito em assinaturas de jornais, revistas, provedores e outros segmentos parece algo sem fim.

Assinar uma revista com débito automático em conta bancária ou no cartão de crédito/débito é praticamente firmar um contrato vitalício. Você pode entrar em contato com a editora ou empresa, pedir o cancelamento e nada é feito, os débitos e entregas continuam acontecendo ou as entregas param mas as cobranças não.

Eu me utilizo do site Reclame Aqui para expor minha indignação e tentar uma negociação, mas nem sempre é fácil. A empresa vai lá, diz que está tudo resolvido, você qualifica, retira a reclamação e a empresa não cumpre sua parte.

Tenho ativas na data de hoje, reclamação contra Provedora de Internet e por enquanto nada do meu dinheiro cobrado indevidamente de volta, neste caso tive que pedir o cancelamento do meu cartão de crédito e uma nova via para cessar as cobranças; também contra Editora de Revistas  que não cancelou meu pedido como solicitei e muito menos os débitos em minha conta corrente que, graças as facilidades e o bom atendimento do Itaú, consegui cancelar online utilizando as ferramentas que a iConta oferece.

Já tive a assinatura de um “jornaleco” (pois não pode ser chamado de jornal sério quem age assim) e tive que cancelar um cartão de crédito definitivamente para que as cobranças parassem. Não teve jeito, mesmo cobrando “religiosamente” deixaram de entregar muito antes e nunca consegui reaver meu dinheiro.

Jornais e Revistas

Não sou a única, infelizmente, neste enorme país,  a sofrer com este tipo de prática que fica impune e acontece frequentemente.

Com o mesmo problema encontrei o blog da Grazi e testemunhei sua luta para se livrar destas cobranças indevidas. Ela me ajudou e então aqui também deixo algumas dicas para ajudar você com problemas semelhantes:

» Faça suas assinaturas preferencialmente por boleto bancário não informando nenhum número de conta bancária ou cartão de crédito ou débito;

» Imprima ou anote todos os protocolos de atendimento com número, data e atendente e não se desfaça destes dados até pelo menos seis meses depois do cancelamento realmente ter sido efetivado;

» Se tiver disponibilidade, procure o PROCON da sua cidade e acesse o site Reclame Aqui tentando reaver os valores. É seu direito como consumidor e embora a luta seja difícil, quanto mais lutarmos por nossos direitos menos golpes sofreremos;

» Cuidado com as promoções que prometem meses ou edições grátis, renovação fácil e brindes tentadores. Tudo isto é maravilhoso mas pode ser uma cilada. Leia o contrato cuidadosamente antes de assinar/aceitar;

» Fique atento à sua fatura de cartão de crédito/débito e sua conta corrente. Certas empresas conseguem renovar o Contrato de Débito Automático e voltam a cobrar sem seu consentimento pouco tempo depois do cancelamento ter acontecido;

» Procure pela reputação de toda empresa com quem fizer qualquer tipo de negociação e exponha sua experiência. Assim nos alertamos uns aos outros e as empresas idôneas também ficam reconhecidas merecidamente.

Vamos cuidar bem de nosso dinheiro, afinal, somos honestos e queremos ser tratados com honestidade e respeito.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Cuidado com Assinaturas de Jornais e Revistas

  1. O desconto oferecido usando como opção de pagamento ‘débito em conta’, trará muita dor de cabeça e prejuízo quando o consumidor resolver cancelar a assinatura!

    Curtir

Qual sua opinião?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s