Todos os cristãos tem uma Bíblia, seja simplesmente para nunca utilizá-la largada sobre um móvel ou um armário porque lhes convém socialmente ou realmente para consultar, estudar, apreciar e orar.

No decorrer da vida alguns de nós acabamos por ter várias: herdadas, adquiridas, ganhadas.

A primeira Bíblia que conheci, dos meus pais, foi uma Edição Papal de 1980, adornada em dourado imitando o ouro e totalmente ilustrada. Simplesmente linda, completa e em formato grande e pesado, com tradução datada de 1971/72 – Instituto Bíblico:

Clique nas imagens para ampliar

Depois vieram os tempos de catequese e cada catequizando precisava ter sua Bíblia nas aulas. Aqui na minha cidade ainda hoje não se tem uma livraria com ampla escolha, então meus pais encontraram esta que seguiu comigo na infância e adolescência. Edição de 1983 – Loyola – ainda em tamanho considerável que ocupava praticamente toda minha mochila e que eu destacava as passagens favoritas com lápis de cor:

No trabalho por volta de 2007 ganhei uma edição de bolso do Novo Testamento que me acompanha na bolsa desde então. A tradução é de 1994/95 – João Ferreira de Almeida:

Vieram os aplicativos e eu já falei nestas postagens:

 Aplicativos para iPad – Parte III – > Nokia Lumia – Aplicativos Parte I – > Aplicativos Que Utilizo Hoje – Parte I 

Aplicativos iPad/iPhoneBíblia (Bible You Version) na minha opinião é o melhor aplicativo para ler a Bíblia. Quem gosta terá várias opções de versões,  planos, anotações, marcadores, vídeos e atualizações constantes. Tenho vários marcadores para minhas leituras favoritas. A utilização é muito simples e prática e como você cadastra um usário com senha, seus dados podem ser acessados de qualquer dispositivo, mesmo se forem de plataformas diferentes (IOS, Android, Windows…) e também em “computadores normais”.

Agora chegou minha Nova Bíblia, com tradução de 2005 e revisão de 2008, além das novas adequações da língua portuguesa:

Adquiri no Leitor Gospel, loja com ótimo atendimento. Encontrei exatamente o que desejava: uma versão atualizada, simplificada (a que eu utilizo no aplicativo), no tamanho ideal (12 x 17 x 3cm), capa dura com elástico, bloco de anotações e flags (marcadores adesivos transparentes e removíveis).

Aconselho que busque sempre aquela que lhe será mais agradável ao uso, assim será muito mais fácil permanecer utilizando por mais tempo e com maior aproveitamento.

Mas eu fui uma catequizando muito questionadora, nunca fui de aceitar tudo que me diziam (em qualquer assunto) como verdade incontestável e digamos então que eu dei um pouco de dor de cabeça para meus mestres.

Desta forma, décadas depois, consegui adquirir aqueles livros que não são canônicos (inclusos na Bíblia) e são chamados de Evangelhos Apócrifos, que seriam os “escondidos”, “desconsiderados ou considerados falsos”, “não autenticados”:

As edições foram adquiridas na Saraiva após ter recebido de amigos um arquivo em *.pdf.

Como já comentei em outra postagem, acredito em Maria Madalena como esposa de Cristo e que Jesus veio a terra como um exemplo, neste exemplo, a família constituída com esposa e filhos.

Segue um trecho do Evangelho de Maria Madalena:  “Então Maria Madalena se lamentou e disse a Pedro: “Pedro, meu irmão, o que estás pensando? Achas que inventei tudo isso no meu coração ou que estou mentindo sobre o Salvador?” Levi respondeu a Pedro: “Pedro, sempre fostes exaltado. Agora te vejo competindo com uma mulher como com adversários. Mas, se o Salvador a fez merecedora, quem és tu para rejeitá-la? Certamente o Salvador a conhece bem. Dai tê-la amado mais do que a nós. É antes, o caso de nos envergonharmos e nos revestirmos do Homem Perfeito e nos separarmos, como Ele nos mandou, e pregarmos o Evangelho, não criando nenhuma regra ou lei, além das que o Salvador nos legou.” Depois que Levi disse essas palavras, eles começaram a sair para anunciar e pregar.”

Nada vai mudar minha fé cristã, minha devoção por Nossa Senhora das Graças e minha igreja como a católica, porém, meu desejo em responder meus próprios questionamentos, finalmente serão saciados ou quem sabe, muitos outros surgirão. 

Anúncios