Copa

No final das contas, acho que todos somos hipócritas.

Não vou mentir que queria ver a Argentina levando a taça aqui na nossa cara, mas se isso não acontecer, se o Brasil ganhar, se o Brasil perder, nada vai mudar.

A copa vai passar e tudo vai continuar a mesma m* ou piorar, porque alguém (nós) tem que pagar a conta do circo. E ninguém será mais ou menos patriota se tiver ou não vestido o nariz vermelho e participado.

E cada vez piora porque o brasileiro foi induzido a querer muitos direitos e achar que todo tipo de vantagem é seu direito, mas obrigações…não, aqui ninguém é obrigado a trabalhar para se sustentar, ninguém é obrigado a se dedicar aos estudos quando tem possibilidades de ter um estudo razoável, ninguém é obrigado a educar os filhos quando os pais também não tem edução nenhuma e nem querem.

Mas é obrigado a respeitar os direitos de todos, todos estes direitos de não falar um “a” torto porque é discriminação, de conceder todo tipo de peixe sem ensinar a pescar, de não reclamar para não ser linchado e se for policial então, melhor não ver nada para não perder a sua própria vida e de toda família.

E os valores, e os valores? Onde estão os bons valores de antigamente?

Quanto mais se fala em direitos humanos mais brutalidade é praticada e mais desculpas encontram para justificar a violência desproporcional em nós, seres tão evoluídos e com acesso a tantos tipos de informações, programas de proteção, cultura e todo um blá, blá, blá interminável de politicagem que não resolve nada, só piora.

Estamos voltando para a selva, regredindo visivelmente e ninguém se dá conta que ordem, disciplina, cobrança e punição são essenciais para viver em sociedade.

Ou algo é feito urgentemente para que os que ainda são bons sintam que vale a pena e não sejam extintos, ou uma mentalidade monstruosa vai reinar e então, só uma catástrofe para livrar a nós de nós mesmos.

Anúncios